Por que é mais fácil soltar um homicida que um traficante? (2)

Eis que nos encontramos no fim dessa história.

No primeiro post, critiquei a fundamentação do juízo por decretar a preventiva dos acusados em tráfico de drogas. “https://deusgarcia.wordpress.com/2017/06/09/por-que-e-mais-facil-soltar-um-homicida-que-um-traficante/

O juiz havia dito que a CF/88 vedava a liberdade provisória para esse crime. Nem sabia que ainda havia juízes que se orientavam dessa forma…

Ao contrário, a CF instaura o sistema acusatório, em que a regra é a presunção de inocência, cujo objetivo principal é justamente impedir a prisão de inocentes. Nada mais injusto que um inocente preso. Nada mais efetivo para os processos de criminalização.

A audiência, realizada ontem, deixou cristalino que os réus eram inocentes. Hoje, (ainda fez questão de deixar os inocentes mais um dia preso) resolveu soltá-los, dada as provas produzidas.

Resultado. Mais um pobre ficou preso alguns meses, mesmo sendo inocente.

O nome disso é punição judicial. Gestão da pobreza.

Ficou claro a importância da presunção de inocência?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s